top of page
quem somos.png

o revoar

Blog.png

blog

Violência nas escolas: Instituto Revoar aposta em Educação Socioemocional para melhorar o ambiente escolar




Nos últimos anos tem crescido o número de casos de violência em escolas no Brasil e em muitas vezes esta questão é também o reflexo da falta de cuidado com a saúde mental dos indivíduos, principalmente dos estudantes. De acordo com o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), os casos envolvendo violência nas escolas subiram 50% em 2023. Entre janeiro e setembro foram registradas mais de nove mil denúncias, através do Disque 100. 


Pensando em contribuir para o bem-estar e a saúde mental da comunidade escolar, o Instituto Revoar realiza um trabalho de desenvolvimento socioemocional em diversas escolas do Rio de Janeiro e do Brasil. Tendo em vista que a escola é um espaço importante de desenvolvimento humano integral, é necessário que ela esteja também focada no desenvolvimento emocional e saúde mental dos estudantes.


Nestes sete anos de atuação, o Instituto Revoar acumula muitas formações socioemocionais para estudantes e professores,  que marcaram diversas unidades escolares. A idealizadora do Revoar, Carolina Senna Figueiredo, relembra que em determinada escola, através do projeto realizado pelo Instituto, o, até então considerado o estudante mais difícil da escola, se descobriu um artista abstrato, sensível, que  precisava de um espaço seguro para se expressar através da arte.


“Esse jovem era tido como o estudante mais desafiador da escola, mas descobrimos em nossos encontros uma pessoa sensível, interessada e amante das artes Mesmo sendo taxado por esses estereótipos comuns sobre o jovem pobre e morador de periferia, tratava-se de um artista em potencial que precisava  expressar seus sentimentos, emoções, dores e alegrias, além de poder ser visto como alguém capaz e com potencialidades. Nós entendemos suas necessidades e como acessá-las e a arte foi um importante instrumento de desenvolvimento socioemocional desse jovem. Desse modo,  vimos que ele precisava de um espaço seguro, humano e acolhedor para se expressar e lidar com seus sentimentos. Foi muito interessante perceber esse processo de transformação humana por meio do desenvolvimento socioemocional. Neste caso, vimos o mais desafiador aluno da escola inteira, renascer um artista abstrato”, contou Carolina.


Vale lembrar que a violência escolar não está limitada ao espaço físico da escola. Ela é um reflexo de muitas questões complexas e não atendidas da atual sociedade brasileira. Mas estar focado no desenvolvimento integral dos estudantes, principalmente no que tange à educação emocional, é uma relevante oportunidade de cuidar das questões emocionais da comunidade escolar, abrir espaço para acolher as emoções, dando voz e vez a elas e aprimorando a regulação emocional, o autoconhecimento e outras competências socioemocionais importantes para a vida e para uma cultura de paz nas escolas.


Assim, o Instituto Revoar atua para estimular o desenvolvimento emocional e a resolução pacífica de conflitos escolares, cuidando da saúde mental e bem-estar da comunidade escolar, com formações onlines, presenciais ou híbridas.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page